sábado, junho 30, 2012

OS HABITANTES DO PLANO ASTRAL



sexta-feira, junho 29, 2012

Fúria de Titãs



Gênero: Aventura
Estúdio: Warner Bros. (EUA)
Direção: Louis Leterrier
Roteiro: Phil Hay, Matt Manfredi
Produção:Ano: 2010
Elenco: Sam Worthington (Perseu), Liam Neeson (Zeus), Ralph Fiennes (Hades), Gemma Arterton (Io), Mads Mikkelsen (Draco), Jason Flemyng (Acrísio), Alexa Davalos (Andrômeda)
Sinopse: A batalha por poder coloca homens contra reis e reis contra deuses, mas uma guerra entre os próprios deuses poderá destruir o mundo. Nascido como um deus, mas criado como um mortal, Perseus (Sam Worthington) não consegue salvar sua família de Hades (Ralph Fiennes), um vingativo deus do submundo. Com nada mais a perder, Perseus se voluntaria para uma perigosa missão: destruir Hades antes que ele possa usurpar o poder de Zeus (Liam Neeson) e trazer destruição para a Terra. Liderando um corajoso grupo de guerreiros, Perseus começa uma perigosa jornada por mundos proibidos. Lutando contra demônios profanos e amedrontantes bestas, Perseus só irá sobreviver se permitir utilizar-se dos poderes concedidos em seu nascimento, desafiando seu destino e criando seu próprio caminho.

quinta-feira, junho 28, 2012

O MITO


No ano de 221 a.C, o primeiro imperador da China, Qin Shihuang, começou a construção de sua tumba real. No mausoléu, foram enterrados o imperador, centenas de milhares de pessoas que trabalharam na construção, um tesouro e, diz a lenda, o elixir da juventude. Nos dias de hoje, o arqueólogo Jack (Jackie Chan) e o cientista William (Tony Leung Ka Fai) encontram em Dasar, na Índia, uma antiga espada da dinastia Qin e uma pedra mágica que desafia a força da gravidade. Os objetos podem levá-los ao mítico mausoléu e conectar Jack e seus recorrentes sonhos à vida passada.

FICHA TÉCNICA
Diretor: Stanley Tong
Elenco: Jackie Chan, Hee-seon Kim, Tony Leung Chiu-Wai, Mallika Sherawat, Ken Lo.
Produção: Willie Chan, Solon So, Barbie Tung
Roteiro: Hai-shu Li, Stanley Tong, Hui-Ling Wang
Fotografia: Wing-Hung Wong
Trilha Sonora: Gary Chase, Nathan Wang
Duração: 118 min.
Ano: 2005
País: China/ Hong Kong
Gênero: Ação
Cor: Colorido
Distribuidora: Não definida
Estúdio: Media Asia Films Ltd.

Sócrates - filme completo



Com direção do mestre italiano Roberto Rossellini, esta superprodução européia é a cinebiografia de Sócrates, um dos maiores filósofos da humanidade.
Categoria:Educação
Tags:Sócrates filme completo
Licença:Licença padrão do YouTube

QUEM SOMOS NÓS?



Completo dublado - Documentário sobre Física Quântica


Sinopse: Amanda (Marlee Matlin) está numa fantástica experiência ao estilo  ‘Alice no País das Maravilhas’ enquanto seu monótono cotidiano começa a se desmanchar. Esta situação revela o incerto mundo escondido por trás daquilo que se costuma considerar realidade. Amanda mergulha num turbilhão de ocorrências caóticas que revelam um profundo e oculto conhecimento do real. Ela entra em crise e questiona o sentido da existência humana.
FICHA TÉCNICA
Diretor: William Arntz, Betsy Chasse, Mark Vicente
Produção: William Arntz, Betsy Chasse
Roteiro: William Arntz, Betsy Chasse, Matthew Hoffman, Mark Vicente
Fotografia: David Bridges, Mark Vicente
Trilha Sonora: Barry Coffing, Christopher Franke, Elaine Hendrix, Michael Whalen
Duração: 109 min.
Ano: 2004
País: EUA
Gênero: Documentário
Cor: Colorido
Distribuidora: Não definida
Estúdio: Lord of the Wind

quarta-feira, junho 27, 2012

ATIVAR A SUA LUZ




Enviado por Fadasan em 23/07/2009
Nós estamos descortinando véus e descobrindo um Novo Mundo.
Novos sons.
Novas Luzes.
http://www.anjodeluz.com.br
Categoria:Guias e Estilo
Tags:luz gaia ascensão alegria fadasan
Licença:Licença padrão do YouTube

O Efeito Sombra: Encontre o Poder Escondido na Sua Verdade (FULL FILM HD)



O Efeito Sombra é um documentário sobre treinamento pessoal, que apresenta reflexões sobre o lado obscuro que nós, seres humanos, tentamos renegar, a fim de que possamos empreender a consciência de que somos capazes de possuir as qualidades nas quais admiramos.

O filme é apresentado pela consultora espiritual Debbie Ford, e conta com depoimentos do guru Deepak Chopra, da professora espiritual Marianne Williamson, entre outros. 


terça-feira, junho 26, 2012

UM HABITANTE DE DOIS PLANETAS - PHYLOS, O TIBETANO


Atlântida
"Um Habitante de Dois Planetas" ou "A Divisão do Caminho" é uma narrativa que fascina por sua visão humana e espiritual da existência, com todos os envolvimentos que requer a sublime experiência do viver.
A história fala da perdida Atlântida, narra sua ascensão e queda, e continua por outros lugares que proporcionam o aprendizado do ser que, através de suas sucessivas vidas, evolui.
Phylos nos fala, principalmente, do Carma, da Paz e da Renovação. No esquema evolutivo, quando finalmente o Carma é vencido, o "Habitante" pode exclamar triunfante: "Em época por vir, uma glória refulgente, a glória de uma raça feita livre e pungente..."



Sinopse


É a polêmica Atlântida viva nas linhas deste livro. É revelação e clarividência, ou imaginação e fantasia? Dependerá da sensibilidade de cada um aceitar este livro não como ficção, mas como história. Independente disso, é uma obra de amor que eleva e alimenta o espírito.

A CONEXÃO ATLANTE



Enviado por jesieltrevisan em 03/10/2010
Website oficial do produtor: http://www.fernandomalkun.com

Avançada civilização atlante, destruída há 12.950 anos pela enchente. São evidências de sua existência.

descrição de Platão sobre a Atlântida, no diálogo Crítias, serve de modelo para recriar Poseidonis, o seu capital fotorea computador Fotos-gráficos animados.

Ver a evidência da existência da civilização avançada atlante, destruída há 12.950 anos pela enchente.

• O conhecimento da astronomia e calendários sumérios
• megálitos de Baalbek e Jerusalém
• Segredos das Pirâmides ea Esfinge
• O ferro fundido ea localização de Tiahuanaco
• O antigo planetário Piris Reis Mapa
• Os livros textos estrangeiros Vedas da Índia
• Bateria Mesopotâmia
• pegadas pegadas fossilizadas e desenhos pré-históricos
• A laje Paacal Votan em Palenque
• Os antigos incas enciclopédia pedras
• Os ciclos de mudança climática e magnéticos
• A descrição da Atlântida de Platão, no diálogo Crítias
• sgrados calendários e livros de todas as culturas
• O acordo precisa da eletromagnético do planeta
• Tubos de clarividentes e psíquicas de Edgar Cayce,
• W.C. Leadbetter, Helena Blavatsky, F. E Oliver G. Schmedling

Discuta conosco as teorias imprecisas que lugar Atlantis em Creta e no Pólo Norte, e saber o ponto exato onde ela realmente desapareceu, de acordo com os movimentos ea posição atual das placas tectônicas.

Compreender os ciclos cósmicos que determinam a duração das civilizações. Bem acontecer em 2012?

Veja recreação Poseidonis, a capital da Atlântida, em animado por computador imagens realistas, de acordo com a descrição de Platão. estrutura urbana Radial. Interdimensional porta ao cubo da Ódica luz no templo de Incalithlon. Compreender como a sociedade foi organizada, e compreender o universo.

Sua visão da reencarnação, como um método de ensino para converter um homem primitivo e animal, em um sábio imortal. Atlante conhecer o legado das Sete Leis Espirituais que determinam a evolução da consciência de todos os homens.

As respostas e explicações para "a revelação do apocalipse" e as mudanças final previsto por todas as religiões, apenas para os tempos que vivemos.
Categoria:Sem fins lucrativos/ativismo
Tags:A Conexão Atlante fernando malkún egito pirâmides alinhamento galático 2012 maias profecias energia radionica radiestesia geometria sagrada doomsday platão sumérios
Licença:Licença padrão do YouTube

ENCONTRO COM HOMENS NOTÁVEIS





Enviado por Yoguineananda em 14/08/2010
"Meetings with Remarkable Men" é um filme britânico dirigido em 1979 por Peter Brook e baseado no livro de Gurdjieff de mesmo nome. Filmado no Afeganistão (exceto pelas seqüencias de danças, que foram filmadas na Inglaterra), estreou com Terence Stamp, e Dragan Maksimovic como Gurdjieff na idade adulta.
O planejamento envolve Gurdjieff e seus companheiros na busca pela verdade em um série de diálogos e vinhetas, como no livro. Diferente do livro, isto resulta na Iniciação de Gurdjieff nos mistérios da Irmandade Sarmoung. O filme é notável por tornar publicas algumas visões do "movimento Gurdjieff", o Quarto Caminho.

"Encontros com Homens Notáveis" é a autobiografia de G. I. Gurdjieff. Conta a história do ainda jovem Gurdjieff crescendo em um mundo em mudança entre as suas inexplicáveis experiências e o desenvolvimento da ciência moderna. O livro é a segunda parte da trilogia conhecida como "All and Everything" - "Tudo e Todas as Coisas" escrita por Gurdjieff entre 1924 e 1935.
O livro fala das reminiscências de Gurdjieff acerca dos vários "homens notàveis" que ele encontrou, começando por seu pai. Incluem o sacerdote Pogossiano, da Igreja Apostólica Armênia; o bêbado Soloviev (cujo nome relembra um muito-conhecido místico cristão ortodoxo), o príncipe Lubovedsky, um príncipe Russo com interesses em metafisica, e um par de outros.
No curso das descrições, Gurdjieff guia a suas histórias através de um viagem que ele próprio realizou. A princípio, pode-se dizer que Gurdjieff pretende investigar o que chama de "fábrica humana" sob o ponto o de vista da totalidade de seus centros (o motor, o instintivo, o emocional e o intelectual), harmonizando os diversos aspectos do ser. Neste ponto, é fundamental desenvolver o "conhecimento de si", por meio da "observação de si", o que ajuda o homem a conhecer a si mesmo. Para tanto, Gurdjieff não se limita à palavra escrita, mas operava em seu "trabalho" com danças sagradas (trazidas de suas andanças pelo Oriente, em particular de seu contato com os "dervixes" de Istambul e de outros países) e a música (mais tarde, transformadas em composições com a ajuda de seu discípulo De Hartmann). O próprio Gurdjieff se auto-denominava um "instrutor de dança".
O sistema de Gurdjieff parte do pressuposto de que os homens estão dormindo, são máquinas ambulantes que não sabem o que fazem. São também dominados por um Sistema corrupto. Isto porque o que geralmente achamos que é o "eu" é, na realidade, um conjunto de "eus" que povoam nossa mente, por isso temos que controlá-los através dos "eus-de-trabalho" e assim evitar cair na imaginação que, segundo Gurdjieff, nos afasta da presença.
O homem "desperto", aquele que tem consciência de si, é raro. Muitos pensam que têm consciência, porém sequer imaginam do que isso se trata. Sempre que indagado sobre a reencarnação, Gurdjieff desviava a conversa para outro foco. Um aforisma que sempre repetia era de que a "alma é um luxo". Em outras palavras, temos que conquistar níveis superiores do ser através de uma profunda busca pelo auto-conhecimento e de uma contínua busca pelo equilíbrio das energias positiva e negativa da própria natureza. O homem dotado de consciência ou vontade é muito raro.
Categoria:Educação
Tags:Gurdjieff encontros homens verdade irmandades movimento filme ciência igreja. Afeganistão visões humano conhecimento ser mistérios danças sagradas consciência alma natureza energia equilíbrio
Licença:Licença padrão do YouTube

segunda-feira, junho 25, 2012

LIBERTE-SE DO PASSADO - KRISHNAMURTI

"Como vedes, não podeis depender de ninguém. Não há guia, não há instrutor, não há autoridade. Só existe vós, vossas relações com outros e com o mundo, e nada mais. Quando se percebe esse fato, ou ele produz um grande desespero, causador de pessimismo e amargura; ou, enfrentando o fato de que vós e ninguém mais sois o responsável pelo mundo e por vós mesmo, pelo que pensais, pelo que sentis, pela maneira como agis, desaparece de todo a autocompaixão. Normalmente, gostamos de culpar os outros, o que é uma forma de autocompaixão."

O Amor - Krishnamurti

"O amor não é produto de pensamento, que é o passado. 
O pensamento não pode de modo nenhum cultivar o amor. 
O amor não se deixa cercar e enredar pelo ciúme; porque o ciúme vem do passado. 
O amor é sempre o presente ativo. 
Não é “amarei” ou “amei”. Se conheceis o amor, não seguireis ninguém. 
O amor não obedece. 
Quando se ama, não há respeito nem desrespeito."

APONTAMENTOS SOBRE AUTOCONHECIMENTO - KRISHNAMURTI


"Para penetrarmos de modo profundo a questão de saber se a vida possuirá algum sentido - sem rejeitarmos os aspectos externos da forma, da ação, das responsabilidades, da vida do dia-a-dia – para podermos investigar tais níveis requer-se que possuamos uma tremenda honestidade. Não a honestidade de nos conformarmos a um princípio ou a uma ideia, alguma convenção ou padrão estabelecido por nós mesmos, porque isso não é honestidade, absolutamente. O pensamento pode enganar-se facilmente criando uma ilusão, e pensar que isso seja honestidade. Por certo a honestidade está em ver exatamente "o que é" sem distorção nenhuma, não só externamente mas interiormente igualmente - ver exatamente o que somos, tanto ao nível consciente como nos níveis mais profundos. 
A honestidade está em ver que - se mentimos, trata-se simplesmente de uma mentira - somente isso, sem qualquer engano, justificação, encobrimento ou fuga. Quando se possui tal clareza, quando se possui uma qualidade de percepção assim, então somos inocentes. E só então, penso eu, se poderá começar a compreender o que é o amor.(...)"

domingo, junho 24, 2012

AUTOCONHECIMENTO - DESCUBRA-SE

O PENSAMENTO METAFÍSICO-INICIÁTICO DE Krishnamurti



Eu chorei, mas não desejo que os demais chorem; mas se o fizerem, agora sei oque isso significa. (...) É preciso que se libertem, não por minha causa, mas apesar de mim. Toda esta vida e, especialmente nos últimos meses, tenho lutado para ser livre – livre de meus amigos, dos meus livros, de minhas associações.Vocês devem lutar pela mesma liberdade. Deve haver uma constante inquietação interior. Segurem um espelho constantemente à sua frente. Se houver algo indigno do ideal que criaram para si mesmos, mudem-no. Não façam de mim uma autoridade. Se eu me tornar uma necessidade para vocês, o que farão quando eu partir? Alguns de vocês acreditam que eu possa lhes dar uma bebida que os tornará livres, que posso lhes dar uma fórmula que os libertará – mas não é assim. Eu posso ser a porta, mas vocês devem passar por ela e encontrar a libertação que está além dela... A verdade chega como um ladrão – quando menos se espera por ela. Gostaria de poder inventar uma nova língua; como não posso, gostaria de destruir a velha fraseologia e antigos conceitos. Ninguém pode lhes dar a libertação. Terão de encontrá-la dentro de si, mas porque eu a encontrei, eu lhes mostrarei o caminho... Aquele que atingiu a libertação tornou-se um instrutor. Cada um de vocês têm o poder de entrar na chama, de se tornarem a própria chama... Porque eu estou aqui, se me tiverem em seus corações, eu lhes darei a força para alcançá-la. A libertação não se destina aos poucos, aos escolhidos, aos eleitos.
Jiddu Krishnamurt

CONCEITO ROSACRUZ DO COSMOS - MAX HEINDEL


 
View more documents from Editora Publiqer

OS CHACRAS E A ESTRUTURA SETENÁRIA DO HOMEM


quarta-feira, junho 20, 2012

J.Krishnamurti - Diálogo com budistas - Podemos viver sem a identificação



Enviado por KrishnamurtiBrasil em 25/12/2011 2º de 3 diálogos realizados em Brockwood Park entre Krishnamurti, Dr. David Bohm, Sr. Narayan e dois estudiosos budistas; Sr. Walpola Rahula e Sra. Irmgard Schloegel. 23/06/1978. Video legendado pelo Canal Toinor, que também tem alguns outros videos de J.Krishnamurti. Acessem: http://www.youtube.com/user/toinor Categoria:Educação Tags:Podemos viver sem identificação YouTube Social And Democratic Power Jiddu krishnamurti Licença:Licença padrão do YouTube

J.Krishnamurti - O que é o pensamento?



Enviado por KrishnamurtiBrasil em 03/05/2011
J.Krishnamurti - O que é o pensamento? Com Jean Louis Dewez 
Realizado em 1979 no Brockwood Park - " Video Completo "
Categoria:Educação
Tags:Jiddu Krishnamurti que pensamento? Com Jean Louis Dewez Filme Completo legendado português
Licença:Licença padrão do YouTube

Krishnamurti em :"Quem sou eu?"



Enviado por odetriunfante em 25/04/2010
Krishnamurti em :"Quem sou eu?"
Neste momento estamos a trabalhar em mais traduções. O vídeos estão sendo alojados com a conta jkemportugues em http://vimeo.com. Deixo-vos o link para a primeira palestra de San Diego 1970. http://vimeo.com/12875010
Categoria:Educação
Tags:Krishnamurti
Licença:Licença padrão do YouTube

segunda-feira, junho 18, 2012

O Livro de Eli (The Book of Eli)



Elenco: Denzel Washington, Mila Kunis, Michael Gambon, Jennifer Beals, Gary Oldman, Evan Jones, Ray Stevenson.
Direção: Albert Hughes e Allen Hughes
Gênero: Aventura
Duração: 118 min.
Distribuidora: Sony Pictures
Estreia: 19 de Março de 2010.
Sinopse: Denzel Washington (O Gangster) estrela esse filme dirigido pelos irmãos Allen e Albert Hughes (Do Inferno). Num mundo pós-apocalíptico Eli (Denzel) é um homem solitário que tem de proteger um livro sagrado que pode conter a resposta para salvação da humanidade, mas como todo herói tem seu algoz nessa história não é diferente e para poder obter o livro, um tirano prefeito de uma pequena cidade (Gary Oldman) fará de tudo, mesmo que para isso tenha de matar Eli.

sábado, junho 16, 2012

LENDAS DA VIDA ( The Legend of Bagger Vance)


Antes de começar a assistir o filme, dê o play e em seguida dê o pause. Aguarde alguns minutos para o vídeo carregar um pouco e não travar.


Título Original: The Legend of Bagger Vance
Gênero: Drama
Direção: Robert Redford
Elenco: Matt Damon, Will Smith, Charlize Theron, Bruce McGill, Joel Gretsch
Tempo: 126 min.
Lançamento: 2000

"... é aqui que se ganha o jogo, bem aqui no gramado...
O sol nasce daquele lado e se põe do outro lado.
As folhas da grama seguem o sol...
A grama muda.
A relva está para um lado pela manhã e para o outro lado a tarde.
O campo de golfe pode nos dar uma boa lição, ele vive e respira como todos nós.
Dentro de cada um de nós está o verdadeiro e autentico dom, algo que nasceu com você, algo que é nosso e somente nosso. Algo que não pode ser ensinado ou aprendido. Algo que tem que ser lembrado, e com o tempo o mundo pode nos roubar este dom que fica escondido entre todos os nossos se(s), e(s) e mas. Alguns até esquencem como era o seu dom..."
Essa é a parte do filme que nos leva para além da técnica do jogo, onde o ator diz que o jogador precisa encontrar a técnica autentica e assim poderá ganhar o jogo!
Mas antes disso ele observa a natureza, o próprio gramado, observa que as folhas da grama seguem o sol e que ela muda, a relva toda muda, de um lado para o outro, seguindo o sol. 
Para Platão, podemos usar a razão para chegar ao conhecimento de duas maneiras, observando as Leis da Natureza ou seguindo uma tradição.
Então o instrutor diz ao menino para balançar o taco, o menino responde, mas eu não tenho uma bola, o instrutor continua, não se preocupe em atingir a bola como se deve, apenas balance o taco, sinta o taco, você não pode fazer a bola entrar no buraco, você tem que deixá-la. 
E o instrutor segue, pedindo agora para que o menino feche os seus olhos, e ouça os sons da noite, sinta a brisa e que continue balançando o taco. Imagine a bola tocando no taco, sinta o peso do taco... vendo uma linha perfeita. 
Ouça os sons da noite, sinta a brisa... "dentro de cada um de nós está o balanço como o pêndulo do relogio, continue balançando o taco até que você faça parte do todo."
Quando nos permitimos fazer parte do todo, já estamos conquistando sabedoria.
Um filme excelente!




E/T.: Meu profundo respeito e carinho pela memória de Jiddu Krishnamurti
Vera Boff


A ARTE DE SER NÓS MESMOS


"Na constante avidez por Sabedoria, que enche a vida dos que não temem chamar a si mesmos de filósofos, ocupa um lugar de destaque a busca e o encontro do próprio ser interior. Essa atitude, que muitas vezes pode levar a um egoísmo descontrolado se não está regida por uma sã vocação moral, é o reflexo da busca e descobrimento das grandes leis do Universo. Afinal de contas, aquele aforismo hermético de que “assim é acima como abaixo” não deixa de valer por ter ultrapassado já muitos séculos.


Cabe à Filosofia a busca e o encontro dessas verdades que armam o complexo quadro da existência. E graças a esse espírito de investigação é que aparecem para nós pequenos ou grandes insights vindos de uma máxima esquecida ou de um conselho dos antigos sábios. Podemos voltar a reviver esses profundos ensinamentos; é o caso da frase que forma o título desse texto. Breve, conciso e contundente, como que para nos obrigar a deter a marcha desvairada da mente e escavar, palavra a palavra, o conteúdo dessas simples verdades sobre a maravilhosa arte de ser nós mesmos!"


Fonte: Por Delia S. Guzmán, diretora Internacional de Nova Acrópole

MUDE VOCÊ, MUDE O MUNDO

Trecho retirado da palestra ministrada pela professora Lúcia Helena Galvão, na sede nacional da Nova Acrópole - Brasil Norte, em Brasília (www.acropole.org.br), em novembro de 2010.

sexta-feira, junho 15, 2012

Apenas uma frase de Carl G. Jung - para refletir

Image and video hosting by TinyPic






Uma pessoa não se torna iluminada imaginando figuras de luz, mas transformando a escuridão em consciência.


                                         (Carl G. Jung)

quinta-feira, junho 14, 2012

O MITO DA CAVERNA

Publicado em 19/03/2012 por NovaAcropole
Nenhuma descrição disponível.
Este video é a gravação de uma aula do Curso de Filosofia à Maneira Clássica da Nova Acrópole, ministrada pelo diretor nacional da instituição, Prof. Luis Carlos Marques.
Uma aula imperdível de Filosofia à maneira Clássica, através do Mito da Caverna que é uma síntese do pensamento de Platão, ou seja a ideia de justiça, governo, ideia do bem. O que cega a nossa visão do mundo?
A Filosofia ensina que o ser humano necessita de 4 expressão específicas do conhecimento: Artística, Científica, Política e Religiosa. Quando não desenvolvemos estas 4 expressões, seria como ficarmos com uma perna ou braço mais curtos, ou como também diz o próprio professor, “construímos um Frankenstein”.
A mesma logica (Filosofia) que forma um organismo físico, forma as relações sociais e políticas, bem como forma o universo.
Dentro das especificidades Artística, Científica, Política e Religiosa, se obtêm os significados autênticos e uma visão correta respectivamente em suas essencialidades para que o buscador de sabedoria possa tirar o conhecimento de dentro de si mesmo (Eduzir). Em primeiro lugar, saber-se que não tem sabedoria (humildade).
Veja o que é o mundo das “opiniões” e saiba identificar aquelas pessoas que por saberem um pouco acreditam serem capazes de dar opinião para tudo, pensam que sabem. Entenda o que são os formadores de opinião.
O conhecimento exige prática, nenhuma pessoa com apenas uma aula de medicina é capaz de operar com segurança.
O professor cita um pensamento de Blavatsky - queime os livros, quem perde não são os sábios porque sabem ler na natureza, quem perde são os ignorantes que necessitam dos livros.
A Razão é um meio, é uma ferramenta. Porém infelizmente não fazemos uso da razão, sob o ponto de vista Platônico, porque alguém que não seja médico e indique um remédio, embora tenha a ferramenta da razão, não faz uso dela. Não se improvisa na construção de uma casa, ou na medicina, tão pouco na educação, etc.
Porque não fazemos uso da razão? Ela é como um espelho, quando um médico vai opinar sobre a saúde, ele foi a faculdade e organizou e formou sua razão em função de uma tradição que é neste caso uma faculdade de medicina.
Basicamente o uso que fazemos da razão é em função das nossas conveniências, nascendo uma visão de mundo que nos leva a crer que razão é o que nos interessa em determinadas coisas e não como elas realmente são, nascendo assim o desrespeito e o sectarismo, de acordo e para o que convêm aos formadores de opiniões e aos demagogos (jogo da caverna).
Há duas maneiras de organizar a razão, ou através de uma tradição ou a visão direta das Leis da natureza. Para Platão o mais indicado seria ir pela tradição e depois de esgotar todas as possibilidades da tradição, de tanto exercitar o conhecimento vai acabar vendo por sua própria conta, e isto já é um grau de sabedoria. Começará a pensar por sua própria conta e vivenciar esse conhecimento. O conhecimento se amplia quando se consegue intuir, ir além da razão.
Entenda quando e como nasce um sistema demagógico e o que é Politica.
Entenda o que é educação (eduzir), no ponto de vista de Platão é pensar por si mesmo, tirar de dentro de si mesmo o conhecimento e não a deturpação do processo de conhecimento que deu informação sem educar. A verdadeira educação é a que não se move pelo interesse e sim pelos princípios (Plutarco).
Entenda como se dá um processo ou critério de seleção na visão de Platão e a construção de um dogma.
Ideia de Bem para Platão é ver as coisas sem interesse pessoal, tudo que une é bom, tudo que separa é ruim, a competição separa, a motivação une, competição é a lei dos mais fortes, extinção dos fracos.
Quando olhamos para uma árvore, não pensarmos em usar a árvore e sim vê-la como ela é, e não como gostaríamos que ela fosse, qual o sentido dela no universo. Como é aquela pessoa, e não o que me interessa nesta pessoa. Pensando no bem destas coisas, é quando saímos de dentro da caverna e somos iluminados pelo bem.
Sugestão para iniciar um processo de autoconhecimento, aplique a premissa de BEM para Platão, sobre um posicionamento qualquer ou alguma coisa, verifique se une ou separa.
Como editora deste blog, fiz apenas uma breve resenha do que mostra este vídeo.

“Ser sectário é fácil, difícil é ser Filósofo!”




E/T.: Meu profundo respeito e carinho pela memória de Jiddu Krishnamurti

Vera Boff

Nova Acropole - III Feira de Filosofia - HPB

Enviado por NovaAcropole em 24/11/2008 Video feito para instalação cênica, para a III Feira de Filosofia de Nova Acrópole, de 21 a 23 de novembro, em Brasília. Especificamente para aSala Helena Petrovna Blavatsky.

quarta-feira, junho 13, 2012

A Filosofia como vc Nunca Viu

Este video é a gravação de uma aula inaugural do Curso de Filosofia à Maneira Clássica da Nova Acrópole, ministrada em Brasília pelo diretor nacional da instituição, Prof. Luis Carlos Marques. Nesta aula é apresentado o conteúdo do curso, como ele é desenvolvido e seus objetivos. Filosofia é a busca da Sabedoria.

Condição fundamental: reconhecer que não a tem. Ser filósofo é uma condição natural do ser humano: ele sempre quer saber mais. Não basta buscar, é preciso encontrar a Sabedoria. A proposta da Nova Acrópole é auxiliar o ser humano a encontrar a Sabedoria. Sabedoria é a síntese do conhecimento, que pode ser aplicada em muitas situações diferentes. O homem tem basicamente 4 formas de expressão: Ciência, Arte, Política e Religião. Podemos imaginar muitas outras formas de expressão, mas que podem ser sintetizadas nestas 4 principais. A Filosofia permite estabelecer a relação entre Ciência, Arte, Política e Religião, tanto como grandes conjuntos da experiência humana quanto como elementos da vida cotidiana de cada um de nós. Categoria: Sem fins lucrativos/ativismo Tags: Filosofia como vc Nunca Viu Licença: Licença padrão do YouTube

terça-feira, junho 12, 2012

O mundo de Sofia - filme completo

"O Mundo de Sofia (Sofies verden em norueguês) é um romance escrito por Jostein Gaarder, publicado em 1991. O livro foi escrito originalmente em norueguês, mas já foi traduzido para mais de 50 línguas, teve sua primeira edição em português em 1995, que atualmente se encontra em sua 70ª reimpressão. Somente na Alemanha foram vendidos 3 milhões de cópias. O livro funciona tanto como romance, como um guia básico de filosofia. Também tem temas conservacionistas e a favor da ONU. Em 1999, foi adaptada para um filme norueguês; entretanto, não foi largamente publicado fora da Noruega. Esse filme também foi apresentado como uma minissérie na Austrália, se não em outros lugares. Também foi adaptado para jogo de PC pela Learn Technologies em 1998. Recentemente, em 2008 essa versão cinematográfica do livro foi lançado no Brasil oficialmente em DVD. "





Sinopse: 
Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo em que vivemos. Os postais foram mandados do Líbano, por um major desconhecido, para alguém chamada Hilde Knag, jovem que Sofia igualmente desconhece. O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste fascinante romance, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países em que foi lançado. De capítulo em capítulo, de "lição" em "lição", o leitor é convidado a trilhar toda a história da filosofia ocidental - dos pré-socráticos aos pós-modernos -, ao mesmo tempo em que se vê envolvido por um intrigante thriller que toma um rumo surpreendente.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

ALEGORIA DA CAVERNA





O mito da caverna, também chamada de Alegoria da caverna, é uma parábola escrita pelo filósofo Platão, e encontra-se na obra intitulada A República (livro VII). Trata-se da exemplificação de como podemos nos libertar da condição de escuridão que nos aprisiona através da luz da verdade.


Alguns ainda chamam de Os prisioneiros da caverna ou menos comumente de A parábola da caverna.


Trata-se de um diálogo metafórico onde as falas na primeira pessoa são de Sócrates, e seus interlocutores, Glauco e Adimato, são os irmãos mais novos de Platão. No diálogo, é dada ênfase ao processo de conhecimento, mostrando a visão de mundo do ignorante, que vive de senso comum, e do filósofo, na sua eterna busca da verdade.

segunda-feira, junho 11, 2012

Refletindo sobre o ato de Aprender - Paulo Freire

Ensinar e aprender um processo constante.

"... Aprender é sentir-se humildemente sabedor de seus limites, mas com coragem de não recuar diante dos desafios - Aprender é debruçar-se com curiosidade sobre a realidade - É reinventá-la com soltura dentro de si - Aprender é conceder lugar a tudo e a todos - e recriar o próprio espaço - Aprender é reconhecer em si e nos outros..." 
                                                  (Paulo Freire)

O POVO BRASILEIRO - DARCY RIBEIRO


"O Povo Brasileiro é uma obra do antropólogo Darcy Ribeiro, lançada em 1995, que aborda a história da formação do povo brasileiro.
Darcy Ribeiro descreve no livro que: "[...] Todos nós, brasileiros, somos carne da carne daqueles pretos e índios supliciados. Todos nós brasileiros somos, por igual, a mão possessa que os supliciou. A doçura mais terna e a crueldade mais atroz aqui se conjugaram para fazer de nós a gente sentida e sofrida e sofrida que somos e a gente insensível e brutal, que também somos.


 Como descendentes de escravos e de senhores de escravos seremos sempre servos da malignidade destilada e instilada em nós, tanto pelo sentimento da dor intencionalmente produzida para doer mais, quanto pelo exercício da brutalidade sobre homens, sobre mulheres, sobre crianças convertidas em pasto de nossa fúria." "A mais terrível de nossas heranças é esta de levar sempre conosco a cicatriz de torturador impressa na alma e pronta a explodir na brutalidade racista e classista." (1995, p.120)

E diz ainda: Os brasileiros se sabem, se sentem e se comportam como uma só gente, pertencente a uma mesma etnia. Essa unidade não significa porém nenhuma uniformidade. O homem se adaptou ao meio ambiente e criou modos de vida diferentes. A urbanização contribuiu para uniformizar os brasileiros, sem eliminar suas diferenças. Fala-se em todo o país uma mesma língua, só diferenciada por sotaques regionais. Mais do que uma simples etnia, o Brasil é um povo nação, assentado num território próprio para nele viver seu destino.
Categoria:Sem fins lucrativos/ativismo
Tags:Brazil The Brazilian People Darcy Ribeiro bbb10 panico na tv
Licença:Licença padrão do YouTube"

domingo, junho 10, 2012

O PODER DAS EMOÇÕES - GALENO PROCÓPIO M. ALVARENGA


EMOÇÕES E SENTIMENTOS


Em meados de 2009, fazendo algumas leituras sobre meditação, lendo alguns livros (daqueles dos bons: Bhagavad-Guita – Sutras de Patanjali) que nos levam para além das palavras, me peguei questionando se emoções e sentimentos eram sinônimos, exatamente como fez a autora do texto "Emoções e Sentimentos" de Sílvia Schmidt. No entanto, não acredito que se deva tentar livrar-se de toda e qualquer emoção, pois conforme estudos atuais sobre psicopatia, que é um tipo de personalidade, não é uma doença. Um dos traços que distingue o indivíduo com essa personalidade é justamente a ausência de emoções.
Se observarmos um pouco mais, vamos constatar que a emoção segue um ciclo, tal qual uma descarga em nosso organismo com início, meio e fim. Acredito que devemos ser atentos a este ciclo especificamente, eis o grande desafio. Pois que se de alguma forma tentarmos bloquear este ciclo em algum momento de nossa vida essa descarga não processada e de certa forma acumulada, emergirá. Uma boa sugestão, para quem deseja um pouco mais, é ler a respeito do Sistema Límbico e sobre o hormônio Cortisol e todas as suas implicâncias em nosso organismo.
Além destes ótimos textos, encontrei outros trabalhos profundos associados a nomes relevantes de especialistas.
Resolvi então atualizar esta página para que leve ao leitor explorar um pouco mais do tema.
As vezes é preciso pegarmos as palavras como se fossem um novelo de lã emaranhado, e puxar fio por fio e verificarmos o que as ligam e tentarmos dar a elas um sentido mais exato a partir de uma investigação íntima do nosso interior. Coisas que certamente os sábios já percebiam.
Até que a ciência consiga ir mais além nestes estudos, acredito que devemos aprender com os sábios, através do autoconhecimento e meditação a lidar com aquelas emoções que são tidas como tóxicas e destrutivas, sem interromper seu ciclo.

                                                                                                                        Vera Boff 

Emoções e Sentimentos


Você pensa que emoções e sentimentos são sinônimos?
Há um bom tempo eu pensava que eles fossem a mesma coisa com nomes diferentes.
Então, sem nenhuma pretensão que não a de buscar as possíveis diferenças, comecei a prestar mais atenção nisso.

sábado, junho 09, 2012

ÁGORA - FILME COMPLETO

Sob o domínio Romano, a cidade de Alexandria é palco de uma das mais violentas rebeliões religiosas de toda história antiga. Judeus e Cristãos disputam a soberania política, econômica e religiosa da cidade. Entre o conflito, a bela e brilhante astrônoma Hypatia (Rachel Weisz) lidera um grupo de discípulos que luta para preservar a biblioteca de Alexandria. Dois deles disputam o seu amor: o prefeito Orestes (Oscar Isaac) e o jovem escravo Davus (Max Minghella). Entretanto, Hypatia terá que arriscar s sua vida em uma batalha histórica que mudará o destino da humanidade. Título Original: Ágora Gênero: Drama Direção: Alejandro Amenábar Elenco: Rachel Weisz, Max Minghella, Oscar Isaac, Ashraf Barhom Tempo: 125 min. Lançamento: 2009 Antes de começar a assistir o filme, dê o play e em seguida dê o pause. Aguarde alguns minutos para o vídeo carregar um pouco e não travar.

CARL SAGAN - COSMOS

Cosmos - foi uma série de TV realizada por Carl Sagan e sua esposa Ann Druyan, produzida pela KCET e Carl Sagan Productions, em associação com a BBC e a Polytel International, veiculada na PBS em 1980. A série Cosmos é um dos mais formidáveis exemplos da amplitude e eficácia que a divulgação científica pode atingir por meios audiovisuais, quando servida por uma personalidade carismática como Carl Sagan e por meios técnicos adequados.
Filmagens
Filmado ao longo de três anos, em quarenta locais de doze países, o programa Cosmos abriu a janela do Universo a mais de 500 milhões de pessoas. O segredo desta série de treze horas foi o talento de comunicador de Sagan, capaz de desmitificar o que até então fora informação científica inacessível. A versão escrita deste programa continua a ser o livro de divulgação científica mais vendido da história.
Lançamentos
Editada recentemente pela Cosmos Studios (parte de uma fundação criada para a divulgação científica), a versão DVD da série disponibiliza um total de 780 minutos de material, distribuidos por 13 episódios de 60 minutos cada (cada epsiódio está repartido em 13 capítulos de acesso directo). Os materiais incluidos na edição DVD foram revistos pelo próprio Carl Sagan e pela sua esposa e ajudante, Ann Druyan, e após cada episódio encontrará uma apresentação das actualizações e novas descobertas científicas feitas nas matérias expostas desde o lançamento original da série nos anos 80. A partir de março de 2008 o canal brasileiro TV Escola começou a reapresentar este documentário dublado em português.
Inspirações
O cientista brasileiro Marcelo Gleiser apresentou em 2006, no Fantástico, uma serie denominada Poeira das Estrelas, um programa de divulgação científica feito nos moldes de Cosmos, segundo Gleiser, o nome de tal série foi dada graças a uma frase dita por Carl Sagan na série Cosmos dizendo que: "Todos nós somos seus filhos", tal episódio da série de Sagan contava sobre estrelas, Gleiser remodelou tal frase dizendo no primeiro episódio de Poeira das Estrelas: "... uma vez o astrônomo americano Carl Sagan disse que somos todos 'Poeira das Estrelas'".

Episódios:
01-As margens do oceano cosmico
02-Uma voz na sinfonia cosmica
03-A harmonia dos mundos
04-Céu e inferno
05-O planeta vermelho
06-A saga dos viajantes
07-O esqueleto da noite
08-Viagens pelo tempo e espaço
09-A vida das estrelas
10-O limite da eternidade
11-A persistencia da memória
12-Enciclopedia galactica
13-O futuro da terra
Obrigada Carl Sagan!



sexta-feira, junho 08, 2012

Os Lobos (por Derek Lin)



Mestre, preciso de sua ajuda. Eu não sei mais o que fazer.

O que lhe parece ser o problema? perguntou o sábio.

Estou tendo muita dificuldade em controlar minha raiva, disse o visitante. É o jeito que as pessoas são. Eu as vejo criticando os outros enquanto estão totalmente cegos para seus próprios defeitos. Eu não quero criticá-los para não ser como eles, mas isto realmente me irrita.

Eu compreendo, disse o sábio. Mas diga-me uma coisa primeiro. Não foi você que escapou por pouco da morte no ano passado?

segunda-feira, junho 04, 2012

Augusto Cury: Controle suas Emoções

Segundo Augusto Cury:
A maior aventura de um ser humano é viajar, e a maior viagem que alguém pode empreender é para dentro de si mesmo. E o modo mais emocionante de realizá-la é ler um livro, pois um livro revela que a vida é o maior de todos os livros, mas é pouco útil para quem não souber ler nas entrelinhas e descobrir o que as palavras não disseram...

DESINTOXICANDO-SE DAS EMOÇÕES VENENOSAS

"O psicólogo Marco Aurélio Bilibio fala sobre a função psicológica das emoções e seu papel na autorealização e no adoecimento psíquico a partir da abordagem budista. Emoções dão colorido à vida, mas tornam-se tóxicas quando se transformam em feridas afetivas de que não sabemos mais nos libertar. Emoções tóxicas estão na raiz de vidas insatisfatórias e de pouca realização. Quando se tornam epidemias sociais levam à desorganização familiar e comunitária. Na vida profissional podem gerar prejuízos grandes à carreira, levando à relações conflitivas e desmotivação. Além da compreensão da dinâmica emocional, Marco Aurélio focaliza também atitudes e posturas que podemos aprender para nos desintoxicarmos dessas fixações e recobrarmos o fluxo natural de emoções nutritivas, tanto na vida pessoal como na profissional."

EU MAIOR - DOCUMENTÁRIO BRASILEIRO


EU MAIOR traz uma reflexão contemporânea sobre autoconhecimento e busca da felicidade, por meio de entrevistas com expoentes de diferentes áreas, incluindo líderes espirituais, intelectuais, artistas e esportistas.  Um filme sobre questões essenciais e universais, numa época de grandes transformações e desafios, que pedem níveis mais altos de discernimento e consciência individual.
EU MAIOR está em fase de pós-produção e será lançado em 2012, inicialmente em cinema, depois dvd, tv e internet - onde a veiculação será gratuita. 

Flavio Gikovate - Inteligencia Emocional



domingo, junho 03, 2012

SONHOS - CONVERSA COM DISCÍPULOS EM LONDRES - Helena Petrovna Blavatsky


"P:Os Adeptos sonham?
R: Nenhum Adepto avançado sonha. O Adepto é alguém que obteve controle sobre os seus quatro veículos inferiores, inclusive seu corpo, e, portanto, não deixa a carne ter existência independente. Ele simplesmente paralisa o seu Eu inferior durante o sono, e se torna inteiramente livre. Um sonho, tal como nós o entendemos, é uma ilusão. Irá então um adepto sonhar, quando ele se libertou de todas as outras ilusões? Durante o seu sono ele simplesmente vive em outro plano mais real."

BOM HUMOR É FUNDAMENTAL - "Humor é ter coragem de rir de nós mesmos"